Insuspeito

Ambiente e Urbanismo. E-mail: nunomarques2009@gmail.com. Também no FACEBOOK, em www.facebook.com\nunomarques2009.

10 abril 2006

Meditar nas contas

Se há direitos quase sagrados, o direito ao descanso é um deles.
E, em tempo de Páscoa, chegou a minha vez de umas mini-férias. Seis dias fora.
Um short break como agora se diz.
E como a Páscoa é, por natureza, tempo de meditação, deixo-vos um conjunto de indicadores que encontro expressos no Relatório e Contas da Câmara Municipal de Lagos do ano de 2005.
Para meditar:
- Não foi conseguida a superação de alguma dificuldade no controlo das despesas de financiamento, nomeadamente através de uma efectiva contenção das despesas de improdutivas.
- Receitas arrecadadas cresceram a um ritmo inferior ao crescimento da despesa.
- O resultado do exercício negativo (-6.913.961,39 euros), significa que as despesas totais foram superiores às receitas totais. Esta situação deverá constituir uma prioridade da gestão financeira e ser invertida no curto prazo.
- As despesas com o pessoal acusaram um peso de 40% nas despesas correntes e 23 % no total das despesas.
- 2.366.279, 41 euros foi quanto a câmara pagou de água à empresa Águas do Algarve.
- 1.237.033,34 euros foi quanto a câmara pagou de tratamento do saneamento à empresa Águas do Algarve.
- A despesa corrente total cresceu 21%, cifrando-se em 28.118.415,68 euros.
- As dívidas de terceiros à câmara aumentaram 17,7%, situando-se nos 555.796 euros, sendo 60% relativos a dívidas das tarifas de água e saneamento.
(Ainda assim) Votos de boa Páscoa para todos!

2 Comentários:

Às 1:13 da manhã , Blogger PlanetaTerra disse...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
Às 10:01 da manhã , Anonymous Anónimo disse...

best regards, nice info here

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial