Insuspeito

Ambiente e Urbanismo. E-mail: nunomarques2009@gmail.com. Também no FACEBOOK, em www.facebook.com\nunomarques2009.

16 abril 2006

Aguardar pelo PEDD II

Mais um relatório do que propriamente aquilo que lhe chamam, o designado 'Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo' (PEDD), recentemente aprovado em reunião camarária, não deixa de ser um documento útil.
Vago, descomprometido, redondo. Embora útil.
Já se sabia que a escala municipal-paroquial não é a melhor para exercícios do tipo. E que de plano, de estratégico e de desenvolvimento desportivo, o PEDD não teria muito.
À partida, verdadeiramente, ninguém sabia realmente no que é que o PEDD iria dar.
Ideias, era do que se precisava...
O resultado foi um relatório tipo 'estado da nação desportiva local'.
O que não deixa de ser positivo, repito.
Ficou-se a saber, com rigor, quantas pessoas e de que grupo etário, que modalidades praticam e que motivações têm os desportistas (se competitivas, manutenção ou diversão).
Produziu-se informação sistematizada sobre a rede de instalações desportivas do concelho, as carências da oferta. A dimensão desportiva dos clubes, o perfil dos dirigentes, etc.
É útil saber-se se estamos além ou aquém da média nacional, quais as nossas potencialidades e debilidades. As nossas virtudes e defeitos no domínio do desporto.
Agora, falta a segunda parte do trabalho. Uma espécie de 'PEDD II'.
Que seria o documento dos compromissos.
Quais as metas a atingir, a visão sobre qual o futuro papel da autarquia no domínio desportivo.
O documento dos objectivos e do calendário para os cumprir. Da programação financeira. Do contrato de desenvolvimento desportivo com os clubes e associações, com os privados. Com os cidadãos.
O documento das apostas.
Se na formação de atletas e dirigentes e na manutenção física e recreio (onde temos défice), se ainda e cada vez mais na competição (onde estamos acima da média)?
Se no espectáculo desportivo e na maior profissionalização de atletas, com os olhos postos nos resultados desportivos e como meio de promoção turística?
Se na realização de eventos desportivos com projecção mediática nacional e internacional?
Se mais numas modalidades que noutras, se, à mesma, em todas?
O documento da objectividade sobre o modelo de gestão.
O que querer do associativismo e dos seus dirigentes?
O que fazer para acabar com a sua eterna subsídio-dependência, p. ex.?
Para que servirá a empresa municipal de gestão desportiva, para além de duplicar serviços e custos, e em que termos se posicionará ela na futura rede desportiva local, que mais-valias pode trazer?
Etc, etc, etc.
Que fazer quando não encontramos no PEDD respostas a estas e tantas mais perguntas?Aguadar pelo PEDD II, está claro!

3 Comentários:

Às 10:04 da manhã , Anonymous O Padrinho disse...

Lá estás tu com o teu mau feitio... Hi hi hi... Queres saber? Espera, pá!
Porta-te bem!

 
Às 5:58 da tarde , Blogger Aguimas disse...

E onde é que se pode ler isso?

 
Às 11:31 da tarde , Blogger nm disse...

Pra já, julgo que a Câmara poderia disponibilizar o documento on line. Não o fez ainda. Se não o fizer, de certeza que o Vox Lacóbriga o fará.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial