Insuspeito

Ambiente e Urbanismo. E-mail: nunomarques2009@gmail.com. Também no FACEBOOK, em www.facebook.com\nunomarques2009.

09 agosto 2010

“Gramofone” - Britcom à moda do Algarve


“Nesta página não há notícias”, é a célebre frase que sai do megafone soprada por uma simpática figura ‘engravatada’ que, bufando com vigor, desfralda aquelas letras, sabiamente ordenadas, aos puros ventos da boa disposição. Quinta-feira após quinta-feira, há muitos anos que é assim, na página número 5 do jornal ‘Barlavento’.
A rubrica, semanal como o jornal, chama-se “Gramofone” e não “Megafone” como seria natural, fosse aquela página alguma das outras que o periódico dedica às verdadeiras notícias ou reportagens ou entrevistas sobre os assuntos sérios da actualidade regional.
Não tivesse ele, “Gramofone”, a qualidade que tem e, há muitos anos que já teria deixado de suscitar as atenções de todos os que não gostam de perder pitada e adoram acompanhar bem de perto o andamento da política regional.
Pelo “Gramofone” desfilam os mexericos, as verdades mal-disfarçadas, as “caricaturas” refinadas, as “indirectas” e as “bocas” dirigidas aos mais notados políticos do Algarve e não só.
Uns gostam, outros “picam-se”, outros fingem (mal) ignorá-la mas, àquela clássica página do “Barlavento”, ninguém é indiferente, ande ele ou ela nas andanças políticas algarvias, goste ou não de rir-se de si próprio(a) e daquela espécie de “humor britânico” que, semanalmente, muito nos diverte e ajuda a descomprimir.
“Transferência”, recente apontamento do “Gramofone” de 29 de Julho (clique na imagem em cima para ampliar e ler), é mais uma de muitas outras boas e semanais piadas que passou pelo “Gramofone”. Uma daquelas graças que não é notícia nem é minimamente credível mas que diverte, não pela verdade escondida que encerra mas pelo seu descontraído e fino recorte, ao estilo “Britcom”.
No fundo, o “Gramofone” tem pautado por oferecer-nos um bem temperado uso do estilo “Britcom”. Diria que será, ele mesmo, uma “Britcom”, mas uma “Britcom à moda do Algarve”.Oxalá assim se conserve, por muitos e bons anos, divertindo-nos, sem grande rigor ou fundo de verdade mas com muito e refinado humor!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial