Insuspeito

Ambiente e Urbanismo. E-mail: nunomarques2009@gmail.com. Também no FACEBOOK, em www.facebook.com\nunomarques2009.

09 abril 2007

Cabala? Talvez não.

Uma universidade, pública ou privada, podia ter funcionado bem até determinado momento e começado a funcionar mal a partir daí.
Acontece. Tem a ver com a gestão.
Por isso é que a decisão do ministro Mariano Gago de mandar encerrar compulsivamente a Universidade Independente (UnI) pouco ou nada ajuda José Sócrates.
Da UnI, como de qualquer privada ou pública deste país, sempre sairam bons e maus quadros, excelentes e medíocres profissionais. É da vida.
Porque não está em causa saber se Sócrates foi bom ou mau aluno, se saiu melhor ou pior formado, não.
O que para o caso interessa é se houve fraude na obtenção do grau académico do actual primeiro-ministro de Portugal.
Se o primeiro-ministro de Portugal mente, ou não.
Esse é que o ponto!
O que interessa para o caso é se José Sócrates - à data, um Secretário de Estado de uma Ministra do Ambiente de um governo de Portugal - se serviu do poder, das influências e de trocas de favores para obter, de forma fraudulenta, a sua licenciatura.
O que para o caso interessa saber é se José Sócrates é licenciado ou não, quando disse que era e continua a dizer que é.
Mariano Gago esclareceu que «as pessoas que terminaram os cursos em 96 surgem nas listas do ano lectivo de 95/96». Porque razão José Sócrates não aparece?
Se é um dos alunos que completaram o curso em 96, porque é que não consta das listas?
José Sócrates, actual primeiro-ministro de Portugal, mentiu a propósito da sua licenciatura?
Isso é que interessa saber.
O que interessa é saber se o actual primeiro-ministro de Portugal, nos tempos em que era Secretário de Estado, se serviu do cargo que ocupava para cometer uma fraude.
Isso é que, no essencial, interessa saber.
E quanto a isso, nada do que tem vindo a público tem contribuído para contrariar essa tese.
Esse é que é o ponto.
Por isso, não sei se restará outra alternativa a José Sócrates que não demitir-se do cargo.
Ao PS caberá a responsabilidade da indicação de um novo primeiro-ministro.
(A menos que a tese da cabala, desta vez, se confirme...)

3 Comentários:

Às 11:06 da tarde , Blogger Makejeite disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
Às 11:06 da tarde , Blogger Makejeite disse...

A história contada como se fosse uma stória.

http://doportugalprofundo.blogspot.com/

 
Às 11:08 da tarde , Anonymous jaime disse...

São os meus maiores defeitos que eu melhor identifico nos outros.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial