Insuspeito

Ambiente e Urbanismo. E-mail: nunomarques2009@gmail.com. Também no FACEBOOK, em www.facebook.com\nunomarques2009.

11 agosto 2011

A Câmara Municipal de Lagos aprovou, na sua última reunião, aquela que se espera ser a última versão do novo Plano de Urbanização de Lagos, cuja elaboração arrasta-se há cerca de 15 anos. Olho com desapontamento para a nova proposta de ordenamento da cidade, porquanto continua a imperar a filosofia da expansão urbana em detrimento da requalificação das áreas consolidadas e do reforço das centralidades existentes, ou seja, exactamente o contrário do que penso ser o caminho estrategicamente certo para o futuro de Lagos.

É no mínimo bizarra a insistência do Executivo PS para a designada unidade operativa do Parque da Cidade (UOP3). Porquê prever uma faixa de edificação, para prédios habitacionais de 4 pisos em toda a frente do bairro 28 de Setembro, em plena Zona Especial de Protecção às Muralhas e Torreões de Lagos (Monumento Nacional)?

Entre outras coisas, interrogo-me sobre qual foi verdadeiramente o conceito de salvaguarda do património edificado defendido pelos ministérios da cultura da era Sócrates e respectivos organismos desconcentrados do Estado no Algarve, os quais, certamente desde há muito conhecedores desta intenção, nunca a rejeitaram ou disseram por que a aceitavam. Porquê?

Para as calendas ficam outras propostas muito válidas e consensuais entre os lacobrigenses como a de não transferir para a Fonte Coberta (“Tecnopólis”) o novo centro da cidade, defender a centralidade e a consolidação terciária do eixo Centro Histórico-Zona Ribeirinha-Marina ou, igualmente, prever uma nova travessia pedonal e ciclável (em túnel ou em ponte) entre as duas margens da ribeira de Bensafrim, a sul da travessia em ponte actualmente existente.

Conclusão: o novo Plano de Lagos é a prova de que o PS também não soube aproveitar a oportunidade de ouro que teve para planear adequadamente o futuro da cidade. E teve tudo para o fazer.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial