Insuspeito

Ambiente e Urbanismo. E-mail: nunomarques2009@gmail.com. Também no FACEBOOK, em www.facebook.com\nunomarques2009.

03 dezembro 2012

Assinatura de Protocolo CCDR-INA para a formação de recursos humanos da Administração Pública no Algarve. Faro, 27.11.2012.

Momento da assinatura do Protocolo
I
Directora Geral da Direcção Geral dos Trabalhadores em Funções Públicas (INA), Dra. Mafalda Santos, no uso da palavra
I
Aspecto da sala durante a sessão
I
Na CCDR Algarve, temos a convicção que, no actual quadro de mudança acelerada da N/ sociedade, e de profunda reforma do Estado com que necessariamente nos confrontamos, a optimização dos recursos financeiros e humanos e a maior eficácia do serviço público que prestamos diariamente aos cidadãos são desígnios inquestionáveis de um Estado moderno, que quer estar à altura do desafio que constitui para todos o incremento da competitividade do nosso país.
O levantamento que efectuámos das necessidades específicas de formação dos trabalhadores em funções públicas no universo da administração local e central desconcentrada no Algarve, mostra-nos que há carências específicas que devem ser colmatadas, com formação de qualidade, com formação dedicada e com formação que sirva as verdadeiras necessidades dos trabalhadores em funções públicas na região do Algarve.
Com esta iniciativa, ao mesmo tempo que reafirmamos, também neste campo, o nosso papel coordenador, pró-activo e gerador interinstitucional de sinergias, conseguimos perceber duas coisas que nos parecem essenciais com vista ao desenvolvimento do capital humano da Administração Pública regional: temos uma noção actualizada e melhor circunstanciada sobre quais são as suas reais expectativas e necessidades em termos de formação e existe massa crítica do lado da procura que justifica uma cada vez maior descentralização da oferta formativa em campos temáticos e disciplinares tão específicos e exigentes quanto estes.
Muito tem sido feito na área da formação de recursos humanos da Administração Pública desde há alguns anos a esta parte. É justo dizê-lo. Mas para que o país seja mais competitivo e para que a Administração Pública seja mais eficiente precisamos continuar a dedicar uma parte importante do tributo dos contribuintes ao incremento da preparação e da motivação dos trabalhadores. Os cidadãos, no seu todo, serão os primeiros beneficiários desse investimento público.
E se há área de investimento que o Estado e a Administração Pública devem continuar a privilegiar no escalonamento das suas prioridades de actuação é na formação contínua dos seus funcionários e dirigentes.
Hoje, todos temos a consciência de que não teremos um melhor futuro se não apostarmos nas pessoas, na sua formação e no enriquecimento dos conhecimentos e competências dos trabalhadores em geral e dos servidores públicos em particular.
Isso também contribuirá muito activamente (não tenho qualquer dúvida disso!), para a recuperação de parte do nosso atraso em matéria de competividade relativamente a outros países.
Temos a oportunidade (e aproveitamo-la!) de estabelecer este Protocolo com um parceiro que nos dá todas as garantias de possuir as competências e a experiência necessárias para nos proporcionar formação de elevadíssima qualidade em temáticas específicas sobre as quais necessitamos conhecer e aprender mais.
Estabelecemos esta parceria com uma entidade cuja cultura e saber acumulado na área da formação de recursos humanos vocacionada para a Administração Pública permite-nos saber à partida que estamos com o parceiro certo para o efeito que queremos.
Atendendo à minha própria experiência de formação no INA, sou testemunha, na primeira pessoa, que a elevada qualidade da formação complementar que me foi proporcionada vai ser replicada a todos os beneficiários, (e serão certamente muitos!) do Protocolo que estabelecemos com a excelência que lhe é característica e que constitui a sua imagem de marca.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial