Insuspeito

Ambiente e Urbanismo. E-mail: nunomarques2009@gmail.com. Também no FACEBOOK, em www.facebook.com\nunomarques2009.

01 fevereiro 2011

Laranja Allgarve


Já todos sabemos que o Programa 'Allgarve' em 2011 vai trazer consigo grandes novidades.
A aposta será na música pop 'revival' para tentar seduzir os britânicos a voltarem às férias em terras algarvias. Ou, pelo menos, para tentar que retornem à região aqueles que, para isso, continuam a optar pela nossa região.
Nomes como os Marillion ou Steve Hackett, ex-guitarrista dos Genesis, prometem fazer as delícias do público e arrastar milhares de portugueses e britânicos aos improvisados e paradisíacos anfiteatros algarvios de beira-mar.
Mas o Programa, este ano ambiciosamente baptizado de "Allgarve Nations/2011", também vai trazer a terras algarvias muitos artistas portugueses. A ideia, dizem, também será integrar um artista português por espetáculo, "num inédito 'mix' luso-britânico".
Ambição, portanto, não falta. Apesar das contingências orçamentais, a ambição dos homens do Turismo português para animar a região algarvia e animar-nos a nós, algarvios, continua a ser elevada.
Apesar de menos meios promocionais, para este ano, mais do que em nenhum outro desde que há Programa Allgarve, há que recorrer à inovação, a métodos inovadores, fundamentalmente, a mais e melhores ideias altamente criativas e a mais baixo custo para que a promoção de mais um conjunto de grandiosos eventos possa resultar em pleno.
Com efeito, para exemplificar aquilo que dizia quando afirmava que queria "melhor e mais barata promoção para o Allgarve/2011", uma das ideias que o Secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, deu ao grupo de habituais criativos e 'marketeers' que fizeram a marca que reinventou o nome do Algarve está já em prática.
Nalguns supermercados de Lisboa já podemos encontrar, nada mais, nada menos, do que a "laranja Allgarve", laranja regional, da mais elevada qualidade, anunciada com o recurso aos mais modernos, baratos e eficazes meios publicitários.
Ganha o contribuinte, ganha a laranja algarvia (49 cêntimos/quilo!) e ganha o turismo algarvio. Perdão, ganha o contribuinte allgarvio, o turismo allgarvio e a laranja... allgarvia!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial